Viajando com crianças: Disney Parte I

Sim, a viagem já começa quando sentimos que ela se aproxima! São muitos papéis para verificarmos, muitos carimbos para serem tirados, algumas cópias que não podem ser esquecidas, idas e vindas ao cartório e aos consulados e várias pesquisas (valores, hotéis, carros, compras e por aí vai).

Viajar é sempre o melhor remédio para todo o ser que trabalha muito e que requer o mínimo de “descanso” de vez em quando… Mas não vamos entrar nesse mérito agora. Deixemos um pouquinho de lado nossos intercâmbios, eurotrips com os amigos e aquelas de quando éramos adolescentes (corpo e cara de teen). Vamos então nos focar na viagem com nossas crianças e todos os caminhos que nos levam aos dias que serão inesquecíveis para todos nós!

Tudo começa no começo…

Depois de reservar as passagens, o próximo passo é conversar com amigos que já foram para lá, anotar dicas de parques, passeios divertosos, restaurantes, supermercados e muitas lojinhas! Somente então criaremos um pequeno roteiro que incluirá passeios e descanso também, e é aí que entra nossa ansiedade em realizar uma Disney inesquecível aos nossos pequenos (e a nós também)!

 

kids_packing

Nossas malas 

Todos nós sabemos fazer malas! Só vale lembrar que Orlando e Miami são lugares mais quentinhos,  porém em muitas noites a temperatura cai e bastante! Por isso, moletons, calças e casaquinhos são muito bem-vindos e você vai usar todos eles (principalmente em dezembro e janeiro).

Quando as malas estiverem prontas, separe um conjuntinho para o filhote! Mães de bebês já sabem de cor, pais apressados às vezes se esquecem que pequenos acidentes podem acontecer: refrigerantes que derramam, frio no avião e claro, eventuais trocas de aeronaves que nos fazem sentir todas as temperaturas em um mesmo dia! Portanto, coloque na sua bolsa ou mochila um par de meias, uma calcinha/cueca, uma blusa e uma camiseta ou troca de roupa leve. Um outro “kit” que nos salva e muito é o kit snack! Chocolate, barra de cereal, bolachas ou biscoitos nos ajudarão quando a criança torcer o nariz para a comida do avião e também para aquele momento que a fominha fora de hora apertar. Vale lembrar que as embalagens precisam estar fechadas e para nossa alegria e comodidade os pacotinhos existem e nos salvam agora!

Eu combino, tu combinas e assim estamos combinados!

Em posts anteriores falamos da importância de combinarmos e MANTERMOS nossos combinados com os pequenos. E lá vamos nós de novo!
Crianças esquecem e às vezes, elas também “se esquecem” (entre aspas) do que combinamos anteriormente, logo, vamos falar e falar!
Em um primeiro momento, lembre o pequeno de que o passeio é o mais legal da viagem! E que algumas coisas vamos comprar! Mas nem tudo será possível! Nesse momento temos uma ótima oportunidade de ensinar o valor da moeda estrangeira e entregar para a criança uma pequena quantia em que ele poderá escolher o momento que irá gastar! Essa pequena atitude nos economiza muita energia e “nãos” também!
Um outro combinado é em relação aos horários (normalmente saímos cedo e voltamos tarde dos parques e outlets), por isso, combine os horários de banho, de descanso e de brincadeiras em casa ou no hotel! Lá pelo meio da viagem eles se esquecem, se sentem em casa, a rotina está estabelecida e aí volta a importância de relembrarmos tudo o que foi combinado anteriormente! E claro, mantermos o combinado!

Tô com fome! Tô cansado!

Por mais divertido que a viagem esteja sendo, eles são pequenos e também se cansam! (Adoro perceber que nós adultos temos o costume de encarar o cansaço como um desafio até)! E aí vamos andando e andando, vivendo de anti-inflamatórios e remedinhos que amenizam as dores nas pernas e costas! Tudo isso porque temos a noção do tamanho do parque e dos dias que temos à frente, logo, entramos na categoria: tempo! E as crianças não sentem o tempo da mesma maneira que os grandes, por isso, respeite sempre os limites deles, estabeleça metas simples e possíveis! Como por exemplo, visitar cada parque no mínimo duas vezes; assim, a ansiedade diminui e os pés agradecem!

– Mas Dani, não temos muitos dias! E agora?

Calma! Calma! Vamos com calma! A dica que mais se repetiu entre meus amigos viajantes e com filhos foi esta: conheça os parques sem pressa, visite os sites (ou apps) e saiba mais ou menos as atrações que você faz questão de visitar, escolha-as na noite anterior e esteja aberto as modificações! (Poderá chover, fazer muito calor ou frio, algum brinquedo não funcionar naquele dia, ou simplesmente o cansaço tomar conta mais cedo). O importante é estarmos todos bem e aproveitando as maravilhas do mundo encantado que os parques da Disney nos proporciona!

 

 Castle
Malas prontas? Bora lá!!
Na parte II dedicado a Disney com as crianças, vamos trazer dicas rápidas para que a diversão não pare!
Até lá!
Gostou do post? Comente! Compartilhe, traga as suas dicas e conte as suas histórias aqui pra gente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *